Os fardos são descarregados, pesados e estocados. À medida que for necessário,  são abertos e colocados em fila ao lado do batedor que faz o processo de desfibramento e pré-limpeza. O produto do batedor são as mantas em forma de rolos, que são enviados para as cardas, cuja função é a limpeza fina. Este novo produto são as fitas, estocadas em latões. Após as cardas, os latões são enviados para os passadores de 1ª passagem que forma uma nova fita com seis fitas das cardas, que posteriormente, vai para os passadores de 2ª passagem com mais seis fitas dos passadores de 1ª passagem, que são também estocadas nos latões, para abastecer as maçaroqueiras. Já nas maçaroqueiras, tem-se uma definição das bitolas que pode ser: o pavio 0,80 (para fios mais grossos) e 1,00 (para fios mais finos). As maçarocas, onde é armazenado o pavio, são levados para os filatórios onde já produz realmente o fio com a bitola desejada. O produto dos filatórios saem da máquina com um determinado suporte, chamado de espula, que não são padronizados pelas empresas de malharias e tecelagens, então são enviados para as bobinadeiras que fazem o repasse para os cones. Depois de confeccionado são levados para a sala de expedição onde são embalados e estocados para o carregamento. 



Fale Conosco Pedidos Novidades CIAB Elétrica Produção Produtos Voltar à página inicial Institucional